O que é liquidez? Entenda esse termo do mercado financeiro

Entenda o que é liquidez e por que é crucial para seus investimentos. Saiba como planejar sua reserva de emergência e otimizar suas escolhas.

Tempo de leitura: 7 minutos Compartilhar

Por: Trinus.Co

Você já se perguntou o que acontece com seu dinheiro quando você mais precisa dele? Às vezes, mesmo investimentos que prometem acesso rápido aos seus recursos podem apresentar desafios inesperados. É aí que entra o conceito de liquidez, um termo fundamental no mundo dos investimentos que nem sempre recebe a devida atenção.

Ao navegar pelo mercado financeiro, entender o que é liquidez pode ser a chave para tomar decisões mais informadas e seguras sobre onde colocar seu dinheiro. Mas, afinal, o que é liquidez e por que isso é importante para você como investidor? Vamos explorar isso juntos neste artigo.

O que é liquidez?

Liquidez, basicamente, é a capacidade que aquele investimento pode ser “transformado” em dinheiro. Em outras palavras, refere-se à capacidade de converter os ativos investidos em dinheiro dentro de um determinado período.

A liquidez não constitui um tipo de investimento, mas sim uma propriedade que os investimentos possuem.

Em outras palavras, os investimentos podem ser mais líquidos (ou seja, que possuem maior facilidade e rapidez em serem transformados em dinheiro) ou menos líquidos (que possuem maior dificuldade ou demora em serem transformados em dinheiro).

Para fundos que permitam que o investidor resgate seus recursos investidos, é utilizado a simbologia “D+ x” para explicar a liquidez de um investimento. Nesse caso, a letra D significa “dia do resgate” e “x” a quantidade de dias úteis em que o dinheiro será transferido para a conta do investidor.

Para títulos de renda fixa, como os CDBs, LCIs ou LCAs, existem dois tipos de liquidez: diária ou no vencimento. Ao compreendê-las, torna-se mais simples assimilar esse conceito.

Liquidez diária e liquidez no vencimento

Se você é dessas pessoas que podem precisar do dinheiro investido a qualquer momento, a liquidez diária é para você.

Essa forma de liquidez também é conhecida como imediata, permitindo o resgate no mesmo dia em que é solicitado.

Há investimentos nos quais você pode retirar seu dinheiro quando desejar. Quando você encontra um investimento com liquidez diária, significa que pode recuperar seu dinheiro sempre que precisar. No entanto, é importante estar ciente das regras e possíveis custos associados a essa transação.

Investir em ativos com liquidez diária é uma excelente opção para alocar sua reserva de emergência, que é um recurso que precisa estar disponível quando for necessário.

Se surgir alguma necessidade urgente, você pode simplesmente retirar o dinheiro investido – é um conforto essencial. Além disso, é muito mais vantajoso do que deixar o dinheiro parado na conta corrente ou na poupança.

É válido ressaltar que ativos de renda fixa, mesmo que possuam liquidez imediata, também têm um prazo de vencimento. 

Geralmente, essas aplicações têm prazos mais curtos, em média até três anos. A vantagem é que você não precisa esperar até o final do prazo para obter o dinheiro de volta. Além disso, se resgatar o dinheiro antes do vencimento, receberá o retorno proporcional ao tempo investido.

Mas além da liquidez diária, vale a pena conhecer a liquidez no vencimento, que diz respeito ao resgate somente ao final do prazo estipulado. Em outras palavras, seu dinheiro fica “preso” até o vencimento da aplicação.

Embora algumas pessoas se sintam desconfortáveis com a ideia de ter o dinheiro retido por um período, investimentos com liquidez no vencimento geralmente oferecem maior rentabilidade e uma variedade de prazos (curto, médio e longo prazo) e podem ser uma boa opção para quem já possui uma reserva de emergência estabelecida.

Liquidez nos principais investimentos

Cada tipo de investimento tem suas próprias especificações de liquidez, as quais são essenciais para entender como e quando você pode acessar seu dinheiro. Confira mais sobre a liquidez nos principais investimentos:

  • Poupança: A poupança é o investimento mais tradicional entre os brasileiros, conhecido por sua liquidez diária e pela possibilidade de resgate imediato. É uma aplicação acessível a qualquer pessoa e oferece a conveniência de poder retirar o dinheiro a qualquer momento. No entanto, o rendimento só é creditado mensalmente, após completados 30 dias de aplicação.
  • CDBs: Os Certificados de Depósito Bancário (CDBs) são títulos de dívida emitidos por bancos que permitem ao investidor escolher entre opções com liquidez diária ou resgate apenas no vencimento. Geralmente, oferecem rentabilidades mais atrativas em vencimentos mais longos. É importante considerar que resgates antes de 30 dias estão sujeitos ao Imposto sobre Operações Financeiras (IOF), e que o Imposto de Renda (IR) varia de acordo com o prazo da aplicação.
  • Tesouro Direto: O Tesouro Direto é uma ferramenta que possibilita o investimento em títulos públicos, ou seja, títulos de dívida emitidos pelo Governo Federal. É uma opção de baixo risco com rentabilidade superior à poupança. Todos os seus títulos oferecem liquidez diária, mas é importante observar que os preços desses títulos podem variar diariamente.
  • LCI (Letra de Crédito Imobiliário) e LCA (Letra de Crédito do Agronegócio): Tanto a LCI quanto a LCA são investimentos de renda fixa com isenção de Imposto de Renda. A LCI destina-se a empréstimos ao setor imobiliário, enquanto a LCA financia o setor agropecuário. Esses títulos possuem carência mínima definida em lei, de 365 dias Após esse prazo, podem oferecer liquidez diária ou apenas no vencimento.
  • Fundos Imobiliários (FIIs): As cotas de muitos FIIs são facilmente negociadas na Bolsa de Valores (B3) com um prazo de liquidação de D+2, o que significa que os investidores terão seus recursos em conta em apenas dois dias úteis após a venda.
  • ETFs (Exchange Traded Funds): Os ETFs também oferecem liquidez diária, permitindo que os investidores adquiram cotas na Bolsa com um prazo de liquidação de D+2.
  • Ações: Na Bolsa de Valores, é possível comprar e vender a maioria das ações no mesmo dia, proporcionando liquidez imediata para os investidores.
  • CDBs (Certificados de Depósito Bancário): Os CDBs oferecem diferentes prazos de vencimento, incluindo também opções com liquidez imediata. É importante consultar as características específicas de cada investimento ao tomar uma decisão.
  • Tesouro Direto: Alguns títulos do Tesouro Direto possuem liquidez diária, o que significa que os investidores terão acesso a seus recursos no mesmo dia da solicitação do resgate.
  • Fundos de Investimentos: Alguns dos melhores Fundos de Investimentos permitem a retirada do investimento no mesmo dia da solicitação (D+0), de acordo com o regulamento do Fundo. Essa flexibilidade proporciona aos investidores acesso rápido aos seus recursos quando necessário.

Ao considerar essas opções de investimento com liquidez diária, os investidores podem manter uma reserva de emergência acessível e ao mesmo tempo buscar oportunidades de retorno financeiro no mercado.

Riscos relacionados à liquidez

Embora a liquidez seja uma característica essencial para muitos investidores, é importante estar ciente dos riscos que podem estar associados a ela. 

Mesmo investimentos que teoricamente permitem resgates a qualquer momento podem apresentar desafios de liquidez, o que pode afetar a capacidade do investidor de acessar seus recursos quando necessário.

Um dos riscos relacionados à liquidez está presente em investimentos de renda variável, como ações. Em certas situações, pode acontecer de um investidor não conseguir encontrar compradores interessados ​​para suas ações no momento em que deseja vendê-las. 

Isso pode ocorrer especialmente em momentos de volatilidade do mercado ou quando há uma falta de interesse dos investidores no ativo específico.

Além disso, alguns investimentos que oferecem altas rentabilidades podem ter baixa liquidez. Isso significa que, embora possam gerar retornos atrativos, pode ser difícil converter esses investimentos em dinheiro rapidamente, caso seja necessário. 

Portanto, é fundamental considerar não apenas o potencial de retorno de um investimento, mas também sua liquidez e a capacidade de resgatar os recursos investidos quando necessário.

Conclusão

Ao considerar os prazos e a liquidez dos investimentos, podemos tomar decisões mais conscientes e alinhadas com nossos objetivos financeiros. 

Manter uma reserva de emergência em produtos de alta liquidez é essencial para garantir que tenhamos recursos disponíveis em qualquer eventualidade. Recomenda-se reservar o suficiente para cobrir de três a seis meses de despesas gerais, proporcionando segurança e tranquilidade financeira.

No entanto, não existe uma regra absoluta. Cada pessoa tem suas necessidades e circunstâncias individuais, então é importante fazer suas próprias contas para determinar quanto é necessário ter disponível para se sentir seguro. 

Uma vez estabelecida essa reserva, podemos planejar com mais tranquilidade investimentos com prazos maiores de liquidez, aproveitando as oportunidades que o mercado oferece.

Se você deseja aprender mais sobre como investir de forma inteligente e planejar suas finanças de maneira eficaz, recomendamos baixar gratuitamente nosso ebook “Guia de Investimento para Iniciantes“. 

Este material abrangente fornecerá as informações necessárias para iniciar sua jornada no mundo dos investimentos com confiança e segurança.

Conteúdos inéditos
no seu email

Assine nossa newsletter e saiba mais sobre o mercado financeiro, imobiliário, empreendedorismo, cultura corporativa e muito mais.

A Trinus.Co é uma holding que oferece serviços financeiros e imobiliários por meio de tecnologia para potencializar nossos parceiros. Mais que uma plataforma, somos um ecossistema inovador para o empreendedor imobiliário, o investidor, o corretor e o comprador de imóveis, onde cada um deles se conecta às soluções para sua jornada. Deste modo, nos tornamos a maior parceira do empreendedor imobiliário regional. São algumas das empresas integrantes da Holding Trinus Co ( 21.009.700/0001-17): SERV GESTAO IMOB LTDA (28.788.205/0001-00) atividades de consultoria em gestão empresarial, com ênfase em serviços para mercado imobiliário; TG CORE ASSET (13.194.316/0001-03), gestora de carteiras de valores mobiliários autorizada pela CVM através do ato declaratório nº 13.148, de 11 de julho de 2013; a TRINUS CAPITAL DISTRIBUIDORA DE TÍTULOS E VALORES MOBILIÁRIOS S.A. (02.276.653/0001-23), uma distribuidora de títulos e valores mobiliários autorizada pelo BACEN; a TRINUS Sociedade de Crédito Direto S.A. (40.654.622/0001-58), sociedade de crédito direto devidamente autorizada pelo BACEN; e a Plataforma Trinus LTDA (28.788.205/0001-00), empresa de prestação de serviços financeiros e de governança imobiliária. Prezamos pelo atendimento regulatório e atuação ética, por isso, ressaltamos que as responsabilidades assumidas por cada uma das empresas da Trinus são distintas e inerentes às suas atividades, respeitando as licenças recebidas e as segregações físicas e lógicas necessárias. A Trinus.Co não comercializa nem distribui cotas de fundos de investimento ou qualquer outro valor mobiliário, atividade realizada pela Trinus DTVM, empresa autorizada e integrante do conglomerado. As informações contidas nesse site e nos sites das empresas referenciadas são de caráter exclusivamente informativo, para munir o investidor de informações para tomada de decisão de investimento. Portanto não constituem qualquer tipo de aconselhamento de investimentos, seja sobre fundos geridos por empresas relacionadas a Trinus.Co ou não, não devendo ser interpretado com essa finalidade.

Fale com a gente